A comunicação corporativa abrange uma série de aspectos que devem ser levados em consideração ao serem desenvolvidas estratégias de marketing e comunicação nas empresas. Aprender como criar identidade visual é uma delas, e o princípio para que outras ações possam ser executadas com mais qualidade e tenham um bom resultado.

Ter uma identidade corporativa forte atrai visibilidade e relevância, ajudando a marca a se consolidar no mercado. No entanto, esse processo vai muito além de simplesmente desenvolver um logotipo, há muito planejamento por trás disso.

Pensando nisso, preparamos este artigo para que você tenha um entendimento mais amplo sobre o assunto. Além de compreender como criar uma identidade visual adequada para a sua marca e tirar outras dúvidas sobre esse tema. Acompanhe!

O que é a identidade visual de uma marca?

Muitas vezes as pessoas têm a falsa ideia de que identidade visual é um nome mais sofisticado para o logotipo da empresa. O que não é verdade. O logotipo faz sim parte da identidade visual da marca, mas ela não se limita a isso.

Podemos definir a Identidade Visual de uma empresa como um conjunto de itens de design como o logotipo, a tipografia, os grafismos e as cores, e também alguns aspectos não tangíveis, como sensações e valores a serem transmitidos que são utilizadas nos materiais de comunicação da empresa.

A partir desses elementos é desenvolvido um manual de identidade visual. Trata-se de um documento que irá nortear os designers para que a marca seja aplicada corretamente nos materiais gráficos (institucionais e comerciais), no site, nas redes sociais, em placas e fachadas, no uniforme dos funcionários, nos veículos e em qualquer ponto de contato que a marca tenha com seus stakeholders.

Qual a importância de desenvolver uma identidade visual?

A identidade visual é o que gera o primeiro impacto no público. É por meio dela que seus clientes e prospects entenderão, ainda que de forma subjetiva, a mensagem, valores e personalidade da organização. Por isso, podemos afirmar que uma identidade bem construída é a força e segurança da marca.

Todo o cuidado que temos quando nos arrumamos para uma entrevista, para uma festa é em parte, para causar uma boa primeira impressão não é? A identidade visual da marca é o que causa a primeira impressão.

Para você entender melhor essa importância, pense em marcas famosas, como McDonald’s, Apple ou Nike. A maioria das pessoas pode reconhecê-la apenas pela logo e suas cores. Essas empresas não precisam sequer manter seu nome próximo ao design.

E se formos além desses grandes cases mundiais de branding e olharmos para marcas nacionais, com as quais temos maior relação, podemos perceber que boa parte do público alvo consegue saber que aquele comercial de televisão é do Itaú ou da Coca Cola mesmo antes da marca aparecer. A identificação do público com uma identidade visual bem feita e bem trabalhada é forte e espontânea.

Agora, para construir uma identidade visual de sucesso, é preciso ter alguns cuidados além de escolher as cores, letras e formas que mais traduzem seu negócio. É preciso imprimir nela também os diferenciais da empresa, alinhá-la à ideia da segmentação de marketing ,construir o branding e tr alguns cuidados com a marca em todos os diferentes meios aonde a marca está inserida.

Quais as diferenças entre identidade visual, marca e branding?

Os três elementos podem estar dentro do mesmo espectro, mas diferem muito entre si. Também podem causar certa confusão em alguns gestores e cabe aqui um espaço para ajudar nessa diferenciação. Confira abaixo.

Identidade visual

É o conjunto de todos os aspectos visuais que acompanham um produto, empresa ou serviço. Geralmente contém as cores, fontes da marca e dos conteúdos de comunicação, texturas, ícones, formas, mascote e o logo gerado a partir desses elementos.

Marca

Para definir o conceito de marca, podemos partir para duas vertentes. A primeira delas a considera, basicamente, como o logotipo gráfico da empresa. Já partindo para um conceito mais amplo, é possível dizer que a marca é tudo aquilo que representa a empresa.

Partindo desta última ideia, podemos agregar à marca o nome da organização ou produto, a sua missão, valores, sua cultura interna, a maneira como atende seus clientes e, claro, sua identidade visual também.

Branding

Podemos definir o branding como o conjunto de estratégias e elementos da gestão voltados para a consolidação e crescimento da marca. Esses aspectos englobam a postura, personalidade da empresa e a forma como ela quer ser vista por seus clientes.

O objetivo do branding é despertar sensações positivas e direcionadas para atrair o público desejado da empresa. Quando bem trabalhado, faz com que a marca se torne respeitada e bem-vista pelas pessoas, de modo que ela seja a primeira coisa que vem a mente da brand-persona quando ela pensa no produto ou solução que sua empresa oferece.

Quais critérios devem ser considerados ao criar uma identidade visual?

Primeiramente, saiba que uma identidade visual deve ser criada por um designer experiente e que trabalhe com recursos exclusivos, que realmente estejam alinhados com a sua empresa.

Contratar sites que fazem logotipos em cinco minutos por preços baixíssimos é até tentador em um primeiro momento, mas pode causar problemas no futuro. Isso porque há o risco de outras empresas terem peças muito semelhantes às suas.

Também é preciso que o designer tenha a liberdade de fazer um estudo minucioso sobre a empresa, analisando os elementos de sua cultura organizacional. Desse modo, ele tentará traduzir em imagens o que diz a missão, a visão e os valores de uma marca, por exemplo.

Outro ponto relevante é o estudo do público que se deseja atingir. É preciso que a identidade visual seja amigável e que cause uma boa impressão em quem a visualiza.

Como uma agência pode ajudar na criação de uma identidade visual?

Contar com uma agência de comunicação especializada no desenvolvimento de identidade visual para empresas é a forma mais adequada para garantir um trabalho de qualidade. Afinal, essas empresas têm profissionais qualificados e que podem desenvolver todas as etapas do projeto.

Geralmente, as agências costumam seguir uma série de passos para criar uma identidade visual. Veja quais são eles, a seguir!

Briefing

O briefing é a etapa na qual os designers fazem um levantamento de dados sobre a empresa, para que possa imergir em sua cultura e conhecer os seus valores e desejos. É por isso que se recomenda que os próprios diretores da organização acompanhem esse trabalho e não deixá-lo apenas por conta do departamento de marketing.

Durante o briefing se buscará diversas informações sobre os públicos da marca, o que ela oferece, quais são os seus diferenciais, quem são os seus concorrentes, os objetivos que se deseja atingir, entre outros.

Definição de personas

As personas são personagens semi fictícios que representam os clientes reais de uma empresa. Elas são úteis para que se saiba como e quando direcionar uma estratégia de marketing de forma mais certeira. Portanto, caso a marca ainda não tenha personas definidas, esse trabalho deverá ser realizado.

Brainstorming

Traduzido para o português, o termo brainstorming significa “tempestade de ideias”. Trata-se de uma reunião feita entre a equipe da agência para discutir soluções para o desenvolvimento da identidade visual do cliente.

Nesse momento, eles utilizam toda a sua criatividade para lançar sugestões sem nenhuma restrição. Após isso, o responsável pela execução do projeto deverá reunir todas as informações levantadas e filtrar aquelas que serão utilizadas.

Definição das fontes, cores e estilos

Finalmente é chegado o momento de tirar as ideias da cabeça e colocá-las no papel. Tudo o que foi estudado e planejado anteriormente será executado e os designers desenvolveram o logotipo e definirão as fontes e estilos gráficos que deverão ser utilizados pela marca.

Vale lembrar que a tipografia não deve estar presente apenas no logotipo da empresa, mas sim em todos os materiais de comunicação, até mesmo em ofícios ou e-mails. É por isso que são feitos estudos para saber quais fontes combinam e que devem ser utilizadas em cada situação.

Já no que se referem às cores, elas são escolhidas de acordo com que cada uma delas representa, com base em estudos como a psicodinâmica das cores. O vermelho, por exemplo, pode representar dinamismo e energia, enquanto o azul, o otimismo e a serenidade. É necessário que sejam escolhidas cores de forma estratégica, para que representem o verdadeiro espírito da marca, de forma única.

Desenvolvimento do manual de identidade visual

A última etapa do processo é o desenvolvimento do manual de identidade visual. Ele deve conter informações descritivas sobre como a marca deve ser aplicada em qualquer peça gráfica.

Os códigos das cores nas escalas CMYK e RGB, as fontes que devem ser utilizadas, os tamanhos máximos e mínimos para aplicações, entre outras orientações devem estar presentes nesse documento. Assim, as aplicações sempre poderão seguir o mesmo padrão.

Alinhamento da identidade visual à estratégia de branding já desenvolvida

É importante que a nova identidade visual esteja alinhada à estratégia de branding que a empresa já vem construindo ao longo do tempo. Com isso, evitam-se os conflitos de linguagem, de posicionamento e um efeito negativo e contrário ao crescimento da marca.

Caso ainda não exista esse trabalho, pode ser preciso contar com o apoio de uma agência que ofereça o trabalho de design e branding integrados. Fica ainda mais interessante adotar nesse relacionamento o modelo de remuneração Sucess Fee — entre empresa e agência — para otimizar e melhorar ainda mais o custo benefício dessa nova estratégia.

Entender como criar uma identidade visual bem definida e aplicá-la adequadamente é essencial para que as empresas possam passar uma imagem de seriedade e confiança para o público. Assim, é possível conquistar uma boa reputação para a marca, portanto não deixe de fazer esse importante investimento para a sua marca e se destacar no mercado.

A nossa agência de comunicação é especialista em projetos gráficos, então podemos auxiliá-lo nessa jornada. Além da identidade visual, desenvolvemos materiais como embalagens, placas, layout de sites e tudo que envolve o design de modo geral. Entre em contato conosco e saiba mais!