Ter um site é fundamental para a visibilidade da empresa e fortalecimento da marca no mundo digital, além de ser uma importante ferramenta para venda de serviços e produtos.

Ele funciona como uma vitrine capaz de alavancar os negócios. No entanto, para que os objetivos sejam alcançados, é essencial que a experiência do usuário seja agradável.

Caso o site não possibilite uma experiência prazerosa, a conquista do cliente fica comprometida, já que é difícil o consumidor ficar em uma página que fica travando ou que o acesso às informações é confuso, não é mesmo?

Sabendo da importância dessa ferramenta web para o atendimento ao cliente, listamos 5 dicas para que seu site seja funcional e impulsione ainda mais o seu negócio. Aproveite a leitura!

1. Fácil navegação

O site precisa ser de fácil navegação. Ele precisa ter uma estrutura que facilite a procura do usuário, para que ele não fique buscando por muito tempo itens disponíveis no site.

Um dica importante é organizar os conteúdos no menu de forma que com poucos cliques o usuário chegue onde precisa. Conseguir acessar o que deseja com poucos toques é um diferencial no mundo digital.

2. Boa velocidade no carregamento da página

Quem pretende ter sucesso no e-commerce sabe que os resultados vêm das interações virtuais bem-sucedidas com os usuários.

As interações são prejudicadas pela demora do carregamento do site, já que além de deixar uma impressão ruim pelo cliente levar mais tempo do que deveria aguardando o carregamento, ainda corre o risco de ser abandonada.

Os usuários costumam ter várias janelas abertas e se uma página demora para carregar, eles vão para outra.

3. Conteúdos relevantes

O conteúdo relevante é aquele que corresponde às expectativas do usuário, que é importante e agrega conhecimento ou valor. Pode ser uma ajuda para resolver um problema, ter um caráter educativo, informativo ou atender a outras demandas.

Ele deve cumprir a promessa do título e atender as propostas da empresa, já que o usuário visita o site buscando um conteúdo que tenha relação com o nicho de atuação. Conteúdos relevantes fidelizam e colaboram para uma boa experiência do usuário.

4. Layout responsivo

O layout responsivo é aquele estruturado para que o site se adapte a diferentes tamanhos de tela, não importando as dimensões da tela ou do navegador. Embora muitas pessoas confundam o seu conceito com o de mobile friendly, eles não são a mesma coisa.

Com o layout responsivo, é possível tirar a página do site da tela cheia, colocar no formato janela e ajustar pelas laterais, por exemplo, para qualquer tamanho, e o site terá todas as informações mostradas normalmente. O mobile friendly é para dispositivos móveis.

5. Mobile friendly

Mobile friendly significa “amigável aos dispositivos móveis” e faz referência a sites otimizados para dispositivos móveis. Segundo matéria publicada pela Folha de São Paulo, o celular é mais utilizado que computador para acessar internet no Brasil.

A cada 5 domicílios que acessam a internet, um sequer tem o computador. Isso significa que milhões de pessoas acessam conteúdos exclusivamente por celular e que ter um site mobile friedly é fundamental para o negócio.

Os acessos podem acontecer no intervalo entre uma atividade ou outra, na fila de um supermercado ou até mesmo no transporte, todos pelo smartphone, e quem não se adaptar vai perder mercado. As telas dos tablets e celulares são bem diferentes dos monitores de computadores. O site responsivo pode ser usado como referência.

É perceptível que a experiência do usuário é impactada negativamente quando alguns cuidados não são observados e que isso acaba refletindo nos resultados dos negócios. Diante disso, é essencial a realização de estratégias e de testes com a finalidade de conhecer melhor o usuário e melhorar sua experiência. É preciso pensar em um site otimizado e funcional.

Quer uma opção para deixar o seu site ainda mais atrativo? Leia o nosso artigo sobre a hora certa de repensar o design de um site e proporcione boas experiências para os seus usuários!