Você está com um site novo, utilizando todos os trends do mercado e, embora a movimentação esteja boa, as vendas continuam quase as mesmas.

Não há um aumento no número de leads e a maioria dos usuários não passa da página principal. O problema pode estar na falta da aplicação correta do design de conversão!

Não sabe exatamente o que isso quer dizer, o que é design de conversão, quais são seus elementos e como utilizá-lo na análise de métricas do seu site? Continue a leitura e descubra!

O que é o design para conversão?

Falando em termos simples, trata-se do design com foco em resultados. Ele visa direcionar as ações do cliente de modo a potencializar os resultados da página.

Um estudo da Microsoft constatou que, atualmente, o attention span dos seres humanos está reduzido em 8 segundos. Esse é o tempo que sua página tem para capturar a atenção do cliente e, idealmente, gerar um lead ou até mesmo uma venda.

Logo, a experiência do cliente nesses 8 segundos deve ser conduzida a uma ação e, acima de tudo, ser agradável. Caso seja boa, mesmo que não leve a um lead, permite que, em outra ocasião, o cliente volte. Uma experiência ruim, pelo contrário, provavelmente arruinará qualquer chance de interação futura.

Para facilitar a conversão e otimizar a captação de leads, o design conta com técnicas e ferramentas voltadas para direcionar o usuário. A landing page, os testes A/B e o CTA são as mais utilizadas.

Landing page

Uma landing page não é a home page do seu site. Trata-se de uma página separada, própria de uma campanha específica, com um objetivo único. Assim, todo o seu design é voltado para o cumprimento desse objetivo. 

Sua home page tem uma relação de atenção (ou seja, quantidade de links versus ações pretendidas) em torno de 40:1. Já sua landing page deve ter essa relação em 1:1, e essa única ação deve ser o seu call to action.

Alguns elementos gráficos ajudam a captar e focalizar a atenção do cliente no que é importante.  Os mais usados para isso são encapsulamento, contrates, direcionamento, espaços em branco e minimalismo.

Encapsulamento

Ao criar uma moldura ou janela, você cria um efeito de “visão de túnel”, impedindo o olho de vaguear pela página à procura de outras coisas.

Contrastes

Quando um elemento contrasta em relação ao resto da página, seja por cores ou formas, o olho é imediatamente atraído por ele. Desse modo, você consegue marcar o que é realmente importante na página.

Direcionamento

O simples fato de ter uma flecha indicando um dos objetos na página já volta a atenção do usuário para tal elemento.

Espaços em branco e minimalismo

Se a página tem apenas um objetivo, não há motivo para adicionar nada além do necessário para o cliente cumpri-lo. Mesmo espaços em branco ajudam a ressaltar o que é importante.

CTA – Call to Action

O call to action nada mais é do que a expressão da intenção da sua página. É um chamado direcionado ao seu usuário para ele realizar a ação que você deseja que ele realize. Em uma landing page voltada para conversão, isso normalmente significa a captação de um e-mail ou a venda de um produto.

Por ser tão importante, ele tem algumas regras a serem seguidas, como: sempre possuir o verbo da ação desejada no imperativo e ser o único na página para direcionar seu cliente à ação desejada.

Mas não é apenas o CTA que cumpre essa função. O design para conversão envolve toda a página e utiliza de uma série de gatilhos mentais e elementos de design para aumentar a conversão dos clientes.

Testes A/B

São usados para testar uma única variável, como a cor do encapsulamento ou o CTA. Ele normalmente é implementado por meio de ferramentas específicas que mostram uma versão do site para 50% dos visitantes e outra para o restante. Desse modo, há como verificar a influência daquela variável nas métricas ao final do período de teste.

Embora uma variável possa parecer pouco, algumas vezes esse tipo de teste mostra mais de 50% de diferença entre as duas versões nas taxas medidas.

Qual a relação entre sites responsivos e a experiência de consumo?

A maior parte das buscas feitas no Google hoje é a partir de dispositivos móveis. Isso significa que ter um site responsivo, ou seja, que se adeque aos diversos tipos de aparelhos, deixou de ser um diferencial para ser uma necessidade.

A experiência de consumo de um usuário que, ao abrir o site em um celular, tem dificuldades de acessar o que deseja, será negativa e influenciará como ele percebe sua empresa.

Como funciona a psicologia do design de conversão?

Como as pessoas se utilizam, principalmente, do instinto e das emoções para analisar e justificar escolhas de consumo, o design de conversão utiliza gatilhos mentais para potencializar essas decisões. Eles são atalhos que o cérebro humano reconhece na hora de fazer uma decisão, por isso auxiliam a conversão. Os mais usados são:

Urgência e escassez

A sensação de limite de tempo ou estoque funciona como um mecanismo que acelera a tomada de decisões, facilitando compras por impulso.

Demonstração do produto

Ao oferecer uma pequena parte do seu produto, a empresa passa uma imagem de mais honesta. Mesmo que nem todos fiquem interessados, os que ficam já começam o contato com mais confiança.

Validação social

A validação social se dá pelos depoimentos, avaliações e feedbacks de outros usuários do seu produto. É uma forma de dizer: se essas pessoas usaram e aprovaram, você também deveria tentar.

Qual a importância das métricas?

Existem várias métricas que auxiliam a empresa ver a eficácia de um investimento, mas existem algumas que são voltadas especificamente para verificar a eficiência do design de um site.

A taxa de conversão já foi falada mais acima, mas outras, como média de tempo no site e taxa de cliques ajudam a entender como essa conversão está  ocorrendo. 

Outras, como custo por lead e custo de aquisição por cliente ajudam a empresa a verificar se o investimento no site foi bem-sucedido.

Com tanta precisão, foco em resultados e elementos diferentes para balancear, contar com uma empresa especializada é a melhor opção para fazer o design de conversão e trazer resultados relevantes para o seu negócio.

Quer saber mais sobre como adotar o design de conversão na sua empresa?
Entre em contato conosco agora mesmo!

2018-09-24T17:00:30+00:00

Deixe um Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Vamos começar uma parceria de resultado?

Mais do que Marketing Digital, Design, Comunicação, Branding e Consultoria, fazemos a conexão disso tudo, de forma fluida, com estratégia, criatividade e impacto.

(41) 3336 ★ 3663

[email protected]
Av. Cândido Hartmann, 570
24º andar, cj. 244
CEP: 80.730-440, Curitiba-PR

Diga-nos o que você precisa!

marcar uma reuniãopedir um orçamentotirar dúvidas sobre serviços