Nos últimos tempos, muito tem se falado sobre site responsivo, bem como sobre a importância desse tipo de página em uma estratégia de marketing ou comunicação digital.

Apesar disso, as dúvidas acerca dessa temática ainda são muitas e nem sempre os empresários têm noção sobre do que ela se trata realmente. Por isso, desenvolvemos este post. Vamos esclarecer questões para que você entenda o que são sites responsivos e por que eles são indispensáveis nos dias atuais. Acompanhe!

Afinal, o que é um site responsivo?

Os sites responsivos são aqueles cujo design se adapta ao tamanho da tela em que eles são acessados. Assim sendo, não importa se o usuário utiliza um computador de mesa, um notebook, um tablet ou um celular para fazer o acesso.

Em todos os casos, o indivíduo terá uma experiência agradável, com o layout adaptado para o tipo de dispositivo em que ele estiver fazendo a sua navegação.

Como tornar um site responsivo?

Por mais que se tente adaptar um site estático para que ele se torne responsivo, nem sempre é possível fazer isso com facilidade. O ideal, na maioria dos casos, é montar um site novo, utilizando uma plataforma responsiva, como o WordPress.

Dessa forma, toda a programação e os conteúdos que compõem o site poderão se ajustar perfeitamente à resolução em que ele é acessado. Assim, uma foto não ficará distorcida ou precisará ser esticada para ser vista em um celular, por exemplo.

Por que as empresas podem perder negócios se não tiverem um site responsivo?

Os sites responsivos são fundamentais para que as empresas não percam negócios nos dias de hoje. Veja alguns dos principais motivos que justificam essa informação!

A experiência do usuário é melhorada

De acordo com o Google Think Insights, se uma pessoa acessa um site e tem dificuldades de navegação, ela pode desistir e partir para outra página. Logo, se você não proporcionar uma boa experiência aos usuários, eles deixarão de fazer negócio com você.

O acesso via mobile está em constante crescimento

Segundo uma reportagem do portal G1, o Brasil tem 116 milhões de pessoas conectadas à internet, sendo que 94,6% desses usuários faz o acesso por meio de celulares. Em meio a esse cenário, em que o mobile se destaca, ter um site responsivo é imprescindível.

Ranqueamento no Google

O Google já considera a responsividade como um fator para ranquear melhor os sites em pesquisas orgânicas. Isso quer dizer que, se você não tiver uma página responsiva, ela poderá não ser mostrada para as pessoas que pesquisarem sobre os produtos ou serviços que você oferece.

Como você pôde perceber, não dá mais pra ficar sem um site responsivo, não é mesmo? Por isso, incluir essa demanda em sua estratégia digital é muito importante. Assim, você terá mais êxito e a sua empresa colherá resultados positivos.

E o seu negócio, já conta com um site responsivo? Conte nos comentários! Caso tenha alguma dúvida sobre o assunto, também deixe sua pergunta. Vamos debater juntos para que você possa se informar ainda mais!