Pontodesign é eleita empresa cidadã

Pontodesign é eleita empresa cidadã

Em dezembro de 2011 aconteceu a 11ª edição do Prêmio Empresa Cidadã, promovido pelo Pequeno Cotolengo Paranaense e que prestigia as empresas que, de alguma maneira, contribuem para o desenvolvimento da instituição.

A pontodesign, que desenvolveu o projeto do novo website do Pequeno Cotolengo, esteve entre os homenageados.

Esse projeto foi aceito, pensado e executado com muito carinho, como a instituição merece.

Para quem não conhece, o Pequeno Cotolengo é referência no atendimento prestado às crianças (forma carinhosa pela qual eles chamam seus internos) com deficiências múltiplas, abandonadas por suas famílias ou vindas de famílias em situação de risco.

Quem mantém a instituição é a comunidade, através de doações, ações sociais e do voluntariado.

O projeto do site, que já está no ar, foi pensado para facilitar o acesso às informações por parte daqueles que desejam compor o quadro de voluntários ou realizar doações.

Com estrutura simples, layout leve e colorido e conteúdo muito bem organizado, o novo site do Pequeno Cotolengo envolveu toda a equipe da pontodesign, que agradece a oportunidade de poder realizar um projeto de tanta importância.

Conheça a instituição acessando www.pequenocotolengo.com.br e saiba como é fácil e gratificante contribuir!

PARA REFLETIR

Fim de semana passada eu “postei” um vídeo para dar uma descontraída. Infelizmente agora, o “post” é incrivelmente mais sério e gostaria que todos vissem, refletissem e tomassem algum partido.
O documentário que quero que vocês vejam chamasse a História das Coisas. É um documentário de 20 minutos. Descreve o que acontece da extração e produção até a venda, consumo e descarte dos produtos.
O documentário revela as conexões entre diversos problemas ambientais e sociais. E é um alerta pela urgência em criarmos um mundo mais sustentável e justo.
Entretanto, diferente de outros vídeos de alerta, o documentário, a História das Coisas nos faz rir e, dessa forma, é mais fácil de ser visto. Isso pode ajudar a mudar para sempre a forma como vemos os produtos que consumimos em nossas vidas.