Você sabia que, de acordo com pesquisa realizada pela Kerry e divulgada pela revista Food Magazine, 54% dos brasileiros têm o hábito de ler os rótulos dos produtos que compra? Se, para o consumidor, isso significa ter mais atenção às características daquilo que consome, para os produtores representa a necessidade latente de criar rótulos efetivos e informativos.

Se você tem dúvidas sobre como criar rótulos perfeitos, este post foi feito para você. Vamos falar sobre os elementos essenciais do design de rótulos para embalagens e dar dicas sobre como apresentar seus produtos com estilo e efetividade! Vamos lá?

O que é rótulo?

Antes de falar sobre criar rótulos, vamos recapitular conceitos?

Um rótulo é uma etiqueta que identifica o produto em sua embalagem. Pode ser utilizado de forma independente, mas, em geral, está aliado a um contra-rótulo, que também traz informações sobre o produto, mas fica localizado na parte traseira do material.

O grande objetivo de um rótulo é convencer o consumidor a adquirir determinado produto. E isso acontece em razão de dois fatores.

O primeiro é a identidade visual da peça, que atrai e envolve o potencial cliente com a marca. O segundo é o conjunto de informações-chave sobre a natureza e a composição do produto, que determina se aquela é ou não a melhor opção para o consumo daquele indivíduo.

Por conta desse segundo ponto e da importância de alertar os compradores sobre determinadas informações, os rótulos são regulamentados por órgãos como ANVISA e INMETRO, além de serem amparados pelo Código de Defesa do Consumidor.

Quais tipos de informações ele deve trazer?

Alimentos e remédios são as categorias de produtos que têm mais especificidades obrigatórias em seus rótulos.

No caso dos primeiros, é preciso indicar os ingredientes, as informações nutricionais e avisos específicos para determinados tipos de alergia e intolerância. Já no caso dos remédios, é essencial apresentar cada um dos compostos daquela fórmula, informações sobre conservação, data de fabricação e validade, além de especificidades de cada medicamento.

Como criar rótulos atrativos?

Tendo em mente suas principais funções, é hora de pensar em como criar rótulos atrativos e eficazes.

Separamos algumas dicas que não devem ser deixadas de lado na hora de criar rótulos diferenciados e informativos. Se liga!

  1. Seja original e saia do padrão utilizado pelos concorrentes. Afinal, seu objetivo deve ser se destacar nas vitrines e prateleiras!
  2. Use recursos inovadores, como QR codes ou rótulos que, juntos, se complementam, formando uma só imagem ou até contam uma história.
  3. Respeite a hierarquia das informações para determinar o que deve chegar primeiro aos olhos do consumidor.
  4. Deixe as informações claras e legíveis. Se você quer ter um bom relacionamento com o cliente, precisa pautar sua comunicação na transparência.
  5. Faça uma boa pesquisa de público e entenda o que seu cliente busca, afinal, ele é o seu alvo!

Por que é importante investir nos rótulos?

Já deu para perceber que os rótulos devem ser tratados com muita atenção e de forma estratégica, certo? Afinal, eles contribuem para fortalecer o branding da marca, para transmitir credibilidade e fornecer informações essenciais para os consumidores, afastando a possibilidade de incidentes que podem encarretar, inclusive, na necessidade de uma gestão de crise.

Agora que você já sabe como criar rótulos impactantes e informativos, já pode formular uma boa estratégia de marketing para acompanhar a divulgação dos produtos.

Agora é hora de saber um pouco mais sobre design de embalagens e os pilares de uma boa criação!