Novo algoritmo do Facebook 2018. O que afeta na estratégia online?

Novo algoritmo do Facebook 2018. O que afeta na estratégia online?

O algoritmo do Facebook foi modificado mais uma vez. Está perdido? Não se sinta mal, você não é o único. Neste post vamos explicar quais foram as mudanças e como encarar esse desafio. Separamos algumas dicas simples e que podem ser implementadas agora mesmo.

Mais família e menos marketing

Manter fortes laços de comunicação com os familiares e amigos resulta em níveis maiores de felicidade. Segundo Mark Zuckerberg, essa foi a base da recente mudança.
O novo algoritmo dará maior destaque na linha do tempo de seus usuários para os posts de amigos, diminuindo consideravelmente as postagens de fanpages.

Isso significa que as fotos do cachorro da sua tia terão muito mais destaque do que postagens de páginas empresariais.

A mudança deve alterar o comportamento do usuário no Facebook, reduzindo inclusive o seu tempo de tela com a plataforma. Essa diminuição não assusta o fundador da rede social, que garante estar mais preocupado com a qualidade da interação dos usuários do que com o número de horas gastas no site.

É preciso tornar-se útil

Você provavelmente já sabe que conteúdo relevante é importante para uma boa estratégia de inbound marketing. Com as novas regras de Zuckerberg, isso se tornou imprescindível.

Não houve mudanças na ativação de notificações da sua página pelo usuário, como também não ocorreram alterações na possibilidade de ativar suas postagens como prioridade.

Para que o usuário tenha vontade de consumir o seu conteúdo a ponto de realizar uma dessas ações, suas postagens devem ser muito valiosas para o seu dia a dia.

Estudar as necessidades e interesses da sua persona deve ser a prioridade. Foque em agradar os seus seguidores, entregue mais do que o esperado e, de fato, enriqueça suas linhas do tempo com matérias interessantes. A sua métrica de alcance agradece.

Foco no engajamento do público

O número de likes e comentários já eram um dos principais indicadores de popularidade de um post no Facebook. Dando um passo além, o objetivo atual é iniciar discussões entre os usuários da rede em um diálogo real sobre o tema tratado. Contudo, preste atenção: “comment baits” — posts que incentivam comentários vazios — serão severamente penalizados. Segundo as novas regras, páginas que utilizarem as famosas súplicas por likes ou compartilhamentos terão seu alcance diminuído.

O foco deve ser conteúdo real, que traga utilidade para o seguidor e o faça ter vontade de compartilhá-lo, discutindo sobre ele com seus amigos de forma espontânea.

O vídeo é rei no algoritmo do Facebook

As transmissões ao vivo reforçaram a já conhecida preferência do Facebook pelo audiovisual.

Esse formato de conteúdo terá um alcance enorme nas linhas de tempo. Isso se deve ao fato de que a interação entre quem transmite e quem recebe o conteúdo amplia o engajamento durante todo o período da transmissão, podendo chegar a até 6 vezes mais do que os vídeos normais!

Essa pode ser uma oportunidade de ouro: invista nesse formato e domine o algoritmo!

Lembre-se de impulsionar as publicações importantes

Muitos acreditam que as novas regras foram criadas para arrecadar ainda mais dinheiro em forma de campanhas publicitárias. Afinal, as práticas de publicidade por meio de anúncios e posts impulsionados não mudaram.

O impulsionamento de publicações se tornou vital para garantir que o maior número de pessoas possível veja suas postagens.

Escolha campanhas importantes no seu plano de marketing e dedique uma parte do seu orçamento para isso. O Facebook ainda é a maior fonte de informação de grande parte das pessoas e peças-chave como essa não podem passar despercebidas na sua comunicação

Agora que as novidades no novo algoritmo do Facebook foram elucidadas, que tal aproveitar a oportunidade para investir no seu conteúdo e aumentar o engajamento da sua página com os seus seguidores?

Se esse post foi útil para você, nos siga no Facebook, no YouTube, no Twitter e no LinkedIn e acompanhe nossas atualizações. Que tal até mesmo ativar as notificações e receber nosso conteúdo em primeira mão?

Deixe uma resposta