Como otimizar seus atuais investimentos em redes sociais e Adwords?

Como otimizar seus atuais investimentos em redes sociais e Adwords?

Anunciar em links patrocinados e em redes sociais são práticas comuns e recomendáveis.

Porém, muitas pessoas e empresas possuem gastos que poderiam ser transformados em novos investimentos caso dicas simples fossem seguidas.

Para otimizar investimentos em redes sociais e Adwords, preparamos algumas orientações para que o custo por clique (CPC) possa diminuir e para que seu orçamento seja melhor aproveitado.

Boa leitura!

Redes Sociais

As redes sociais são locais interessantes para veicular anúncios úteis, práticos e divertidos para o seu público.

Confira 3 dicas para redes como Facebook e Instagram!

1. Faça anúncios interessantes

É importante sempre lembrar que os conteúdos são ligeiramente diferentes dos outros métodos de anúncio, uma vez que os usuários nas redes não querem, primariamente, ver um anúncio, mas procuraram por diversão e informação.

2. Segmente seus anúncios com base em interesses específicos

Efetuar uma segmentação com base no perfil do usuário desejado fará com que seus anúncios atinjam somente quem possui os atributos desejados.

Não segmentá-los fará com que muitos internautas façam clique apenas por curiosidade, por ter achado uma imagem legal ou por um interesse pequeno e insuficiente para venda.

Dessa forma, pessoas que não se interessam ou dificilmente se interessarão pelos seus produtos e serviços não visualizarão os anúncios e não sugarão recursos das suas campanhas.

3. Segmente produtos diferentes em anúncios diferentes.

Segmentar os produtos em anúncios diferentes fará com que o seu conteúdo seja mais assertivo e, assim, atinja eficientemente os usuários.

Assim, a qualidade dos clientes aumentará. Somente as pessoas que tenham real interesse naquilo que está sendo oferecido clicarão.

Além disso, as campanhas poderão ser otimizadas levando em consideração as segmentações que mais e melhor convertem. Isto é, você investirá mais nos anúncios que mais vendem e menos naqueles que não convertem tanto.

Google AdWords

O Google AdWords é a plataforma de links patrocinados do Google.

Nela, você poderá anunciar nas pesquisas do Google e em sites parceiros (em seus produtos como Gmail e Youtube e em sites cadastrados a partir do Google Adsense).

Preparamos para você 3 dicas úteis para otimizar seus resultados na plataforma!

1. Aumente o Índice de Qualidade

Para que seus anúncios sejam otimizados, eleve o índice de qualidade do anúncio, fazendo com que a página de destino esteja conectada ao anúncio e com conteúdo relevante.

Assim, você terá que pagar menos para atingir as primeiras posições, uma vez que o índice é importante para o leilão classificatório.

2. Crie campanhas distintas para Rede de Display e de Pesquisa

Criar campanhas distintas para a Rede de Display e de Pesquisa dará maior autonomia para otimizações.

Assim, você poderá configurar cada opção de acordo com os resultados obtidos.

Por exemplo, é possível aumentar o investimento nas campanhas que tenham resultados mais próximos do seu objetivo.

3. Escolha bem as palavras-chave

Nem sempre é interessante apostar nas palavras-chave mais caras. Talvez o valor pago para ocupar as primeiras colocações não é interessante para o Retorno sobre o Investimento (ROI).

Isto é, o custo para anunciar em determinada palavra será tão grande que o lucro não compensará o investimento feito.

Em vez de competir com as palavras mais procuradas, você pode procurar por aquelas que tenham um nível aceitável de buscas, mas que não tenham tanta concorrência. Desse modo, você pagará menos por clique (CPC).

Otimizar investimentos em redes sociais e Adwords depende do conhecimento das ferramentas e de uma real análise dos resultados obtidos. Dessa maneira, suas campanhas obterão maior retorno ao investimento efetuado com um menor valor aplicado.

Você gostou deste post? Curta a nossa página no Facebook e tenha acesso a mais artigos como esse e receba conteúdos preparados para você!

4 mitos sobre Inbound Marketing que você precisa deixar de acreditar

4 mitos sobre Inbound Marketing que você precisa deixar de acreditar

Muita gente fala sobre técnicas de marketing, porém, nem tudo o que vemos e ouvimos é correto.

Para que você não seja enganado pelos mitos sobre Inbound Marketing, preparamos uma lista com 4 itens:

  1. Inbound Marketing é escrever artigos e usar e-books no site;
  2. Inbound Marketing é falar sobre minha empresa;
  3. Inbound Marketing é uma moda passageira;
  4. há necessidade de publicar o tempo todo.

Em cada item, demonstraremos qual é o verdadeiro ensinamento, de maneira aplicável ao seu negócio.

Boa leitura!

1. Inbound Marketing é escrever artigos e usar e-books no site

Normalmente, as estratégias adotadas por profissionais do ramo incluem a criação de e-books e artigos para blogs. Porém, de forma alguma podemos resumir esse conjunto de estratégias em apenas dois formatos.

Podemos defini-lo como a criação e a divulgação de conteúdo feito para um público-alvo específico (na estratégia, também chamado de “persona”), com o objetivo de obter a autorização para conversar com os clientes em potencial de maneira direta, objetivando um relacionamento duradouro.

Assim, a estratégia é muito mais do que escrever e-books ou artigos. As técnicas Inbound podem incluir tudo aquilo que a criatividade dos profissionais permitir.

Algumas ferramentas que são utilizadas frequentemente:

  • artigos para blogs;
  • e-books;
  • infográficos;
  • webinars;
  • postagens de convidados;
  • participação em fóruns online;
  • criação de vídeos;
  • técnicas para comentários;
  • e-mail marketing;
  • SEO;
  • criação de materiais para redes sociais.

2. Inbound Marketing é falar sobre minha empresa

Nada poderia ser mais falso do que essa afirmação! As técnicas Inbound desejam criar, como vimos, um relacionamento que seja duradouro.

Para isso, é necessário falar não da sua empresa ou produto diretamente (a não ser quando o potencial cliente já está está pronto para a decisão), mas sim de tudo o que for útil e importante para ele.

Assim, lançamos mão da criação de conteúdo e de ferramentas que permitem nos comunicar melhor com os nossos leads até que eles estejam prontos para ouvir falar dos nossos produtos e serviços.

3. Inbound Marketing é uma moda passageira

Realmente, talvez seja uma moda passageira, como a TV e o rádio são! rs

Brincadeiras à parte, a sociedade se modificou muito nos últimos anos. E entre os hábitos modificados está a comunicação entre as pessoas e a relação cliente-empresa.

Os usuários não desejam ver apenas propagandas de uma marca, mas estão interessados em conteúdo interessante e valioso para eles.

De fato, a comunicação continuará mudando, seja pelas inovações que continuaremos a ter ou por modificações no comportamento dos usuários.

Porém, em vez de isso tornar o Marketing de Atração obsoleto, fará com que ele tenha ainda mais formas de melhorar a experiência dos usuários com a marca, trazendo mais satisfação para eles e mais vendas para a empresa.

4. Há necessidade de publicar o tempo todo

Com certeza, você não precisará postar 24 horas por dia.

Diferentemente disso, você precisará entender quantas vezes conseguirá postar com qualidade e relevância para o seu público-alvo. Além disso, cada mídia utilizada possui uma média suficiente de publicações por dia.

Em vez de publicar muito e talvez perder o foco, é melhor pesquisar mais sobre quais são os temas mais importantes para sua persona e dedicar mais tempo na criação do conteúdo para que haja mais qualidade e informações que sejam mais valiosas.

Os usuários não estão esperando por novos conteúdos a todo momento, mas por materiais que possam ajudar a resolver os seus problemas.

Embora escrever artigos de qualidade nunca seja demais, para muitas empresas a velha frase “menos é mais” pode ser muito útil.

Por fim, existem outras formas de continuar a publicar conteúdos que não sejam novas criações, como:

  • fazer atualizações do que já foi postado;
  • transformar um conjunto de publicações em um e-book;
  • transformar um e-book em diversas publicações;
  • utilizar conteúdo escrito em vídeo.

Os mitos sobre Inbound Marketing nos mostram que sempre devemos procurar por conteúdos que sejam de qualidade, instrutivos e práticos para melhorarmos nossas táticas em campanhas online.

Pensando nisso, leia o artigo “Uma agência pode me ajudar com estratégias de Marketing Digital?” e entenda se você precisa de uma agência para auxiliar suas estratégias online!

Você sabe qual a importância de um site institucional na atração de clientes?

Você sabe qual a importância de um site institucional na atração de clientes?

A importância do site institucional veio à tona com a mudança de hábitos de compra dos consumidores, que estão cada vez mais exigentes e muito bem informados.

Ter um site otimizado é uma ferramenta comercial muito importante na hora de atrair novos clientes em potencial, pois é um meio que o consumidor tem para buscar produtos e serviços que solucionem seus problemas.

Contudo, para ter sucesso com esse importante canal de comunicação da empresa, é preciso que a criação — ou atualização — do site esteja sempre alinhada à estratégia e ao momento atual da organização.

Entre todos aspectos que devem ser levados em consideração na hora de criar ou refazer o site, 6 pontos são fundamentais para a atração e conversão de novos clientes. Dá uma olhada em quais são eles:

1 – Conteúdo

O conteúdo é o ingrediente mais importante quando se fala de site otimizado, porque é por meio dele que o consumidor, após realizar uma pesquisa nos mecanismos de busca, encontrará uma possível solução para seus problemas.

Para que isso aconteça, você precisa criar conteúdos otimizados que devem ser relevantes e úteis para seu público, além de serem facilmente encontrados nos buscadores.

Essa otimização para os mecanismos de busca (SEO) permite que seu site esteja entre os primeiros resultados nas pesquisas dos seus consumidores. No entanto, esse bom posicionamento só acontecerá se o seu conteúdo realmente apresentar uma solução para o problema pesquisado.

2 – Isca digital

Existe ainda uma extensão dos conteúdos que é a isca digital. Seu objetivo não é apenas atrair potenciais clientes, mas convertê-los através da criação e distribuição de materiais ricos de conteúdos, guias completos para a resolução de um problema específico — isso em troca de alguns dados de contato do visitante.

Com a captura dessas informações de contato, a empresa consegue fazer um trabalho de nutrição dos potenciais clientes através do e-mail marketing, tirando dúvidas, enviando ainda mais conteúdos e construindo um relacionamento com esse lead.

3 – Chamada para ação (CTA)

Você precisa guiar e direcionar as ações do visitante através de chamadas que o leve a realizar uma ação específica e que o ajude a resolver um problema ou atingir um objetivo. Existem diversos tipos de CTAs que você pode utilizar em diferentes seções e páginas do seu site.

Por exemplo, ao final de um artigo no blog da sua empresa, você pode incluir uma chamada para que o leitor baixe um e-book que irá ajudá-lo a aprofundar o conhecimento sobre o tema tratado no post ou sugerir o compartilhamento do artigo nas redes sociais.

4 – Pedidos de orçamento

Muitas vezes o consumidor já está bem informado sobre as soluções que sua empresa pode trazer, já sabe quais são seus produtos e serviços, mas apenas precisa de um orçamento para fazer suas comparações de custo-benefício. Logo, é muito interessante disponibilizar esse recurso.

Aqui, existe um ponto importante: se você se preocupou em oferecer conteúdos relevantes e materiais de qualidade para solucionar dúvidas e problemas específicos, você já tem a confiança do consumidor — que estará propenso a comprar de você ao invés do concorrente.

5 – Campanhas

Muitas empresas criam campanhas de mídias pagas para que seus anúncios apareçam acima dos primeiros resultados de pesquisa em um mecanismo de busca.

Nesse caso, é interessante que esses anúncios levem direto para o produto ou serviço que o consumidor está procurando e não para a home do site, um erro cometido por algumas empresas. Isso tira o foco do que realmente importa para o potencial cliente naquele momento e você pode perder uma venda ao enviá-lo para a página inicial.

6 – Atualização

Tanto o conteúdo como a estrutura e tecnologias do site devem estar de acordo com as práticas atuais do mercado. Ele precisa ser refeito de tempos em tempos — geralmente a cada 4 ou 5 anos — para sempre transmitir confiança, se adaptar as mudanças tecnológicas e poder atrair novos visitantes.

Como vimos, o site é fundamental para a atração de novos clientes. Contudo, essa excelente ferramenta comercial precisa ser otimizada e atualizada para que cumpra seu principal objetivo, a conversão.

E aí, gostou de saber sobre a importância do site institucional para seu negócio? Não deixe de compartilhar este artigo nas suas redes socais e com seus amigos empreendedores!

Bolão da Copa Cold Stone Creamery

Bolão da Copa Cold Stone Creamery

BRIEFING

A marca de Sorvetes Cold Stone Creamery Brasil viu na Copa do Mundo 2014 uma oportunidade para aumentar a consciência de marca, criar talkability, construir brand awaraness e ampliar sua base de fãs. O desafio era conseguir manter e/ou ampliar o engajamento com as novas regras do Facebook e seus algoritmos que “controlam” os posts na timeline das pessoas, além de criar uma relação memorável com o acontecimento e também aumentar o fluxo de clientes nas lojas em tempos de baixas temperaturas.

SOLUÇÃO

Para criar relação com a Copa do Mundo no Brasil, criamos o Bolão Premiado Cold Stone Creamery, usando como ilustração os Cupcakes de Sorvete customizados, que identificavam por cores e bandeiras, algumas das seleções presentes na competição. A cada jogo foram publicadas postagens no Facebook para incentivar os fãs a palpitarem os resultados das partidas. Foram duas fases: Fase 1 – classificação e fase 2 – oitavas, quartas, semifinais e finais; onde os acertadores do placar e do time ganhador podiam escolher entre vários produtos (como Criações Assinadas, pack de Cupcakes, free upgrade, Mix-Ins e outros) para serem retirados nas lojas, na compra de outros produtos. Além disso, durante a campanha, houveram ações de real time marketing, com posts que brincavam e/ou se relacionavam aos acontecimentos dos jogos, como resultados, eliminação e/ou congratulações. Além de toda a ação online, as lojas foram ambientadas com os Cupcakes temáticos e todo o clima de torcida.

RESULTADO

Em apenas 1 mês a campanha superou todas as médias de interação. Foram 143 posts durante a Copa que geraram 124% de engajamento médio durante o período da campanha e um crescimento de 979% nas interações durante o mês da campanha, se comparado à média de interações dos três meses anteriores. Em apenas um mês a página saiu de 16.271 para 17.795 fãs. Além de todos os resultados as lojas tiveram um aumento notável no fluxo de clientes durante a ação.

Cold Stone Bolão Copa Pontodesign